O HOMEM QUE DIZ NÃO

O escritor Fernando Arrabal, que não passa de um simulacro de outro com este nome, embora também tenha nascido em Salamanca, volta para a cidade em que morou por vinte anos e se depara com um problema político de natureza semântica: ninguém pode dizer não. E por falar não, ele vai preso. Dizer não é um delito antipatriótico embora muitas pessoas dizem não.